janeiro 03, 2014

Pelos caminhos largos da reflexão

Imperfeita a arte da entrevista. No entrevistado há sempre aquela sensação de que fica a faltar algo por dizer e no entrevistador a certeza que existem sempre tantas outras coisas por perguntar. Ainda assim, nesse exercício de pensar o cinema para além dos filmes ou, se quisermos, por outro lado, reflectir o cinema tendo por dentro o filme acima de tudo, aqui fica uma tentativa de dar resposta ao entendimento que faço sobre a minha forma de olhar o tema tendo por base as perguntas que me foram colocadas.
Aqui fica o caminho.

1 comentário:

  1. Muito obrigado, mais uma vez, pela colaboração e partilha da iniciativa.

    Cumprimentos,
    Jorge Teixeira
    Caminho Largo

    ResponderEliminar